Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O meu eu num blog

O meu eu num blog

Mudar...mudar

Sou toda eu dada a mudanças, com todos os medos incluídos claro...sem eles nada teria a mesma graça...

Se pensar na minha vida já fiz tantas, que ás vezes quando penso no passado tenho a sensação que falo de outra pessoa, mas não me perdi nunca do meu eu, isso é o essencial, marcar um Norte, marcar um rumo e principalmente não nos perdermos de nós.

Para quem está no limbo do vou-não-vou, faço-não-faço, encham-se de coragem, só é preciso mesmo isso...coragem e se tiverem ao lado alguém que dê apoio á mudança melhor, passa a ser o vosso herói.

Que este 2018 venha cheio de mudanças, mudanças felizes claro está!!!

IMG_3469.jpg

 

 

A era da Diversidade nas Passerelles

Que bom!!

Verificamos que as passerelles estão cada vez mais a ser pisadas por pessoas reais, finalmente o culto á magreza está a ser substituído pelo "body positivity".

Não que os tamanho pequenos tenham deixado de estar na linha da frente num desfile, mas ao seu lado já vemos a desfilar também tamanhos grandes, com celulite, manchas, rugas, cabelos brancos...a nossa própria pele com todas as singularidades.

Ainda é preciso muito mais...mas estamos no bom caminho e sabe bem....

 

Captura-de-Tela-2017-09-22-às-11.30.38.png

 

1º Dia do Ano

É inevitável que neste primeiro dia do ano, o meu pensamento não passe pelo que fiz até à data e na esperança que tenho no que vou fazer a seguir.

Este ano que ai vem, quero que seja a melhor versão de mim, este é o pensamento em que me concentro.

Adoro esta época, a sensação que vêm ai 365 dias limpinhos que posso preencher da melhor forma que conseguir.

Encho-me de memórias boas que espero duplicar e triplicar...não é tão bom este dom da vida?

Tenho por dentro 3 motes fundamentais que me guiam neste viagem diária:

  • esquecer as mágoas e os erros, ou lembrá-las mas como ensinamento.
  • ter em consciência que tudo pode melhorar, basta querer e fazer por isso. Sempre.
  • lutar para mudar aquilo que não me faz bem.

Não posso controlar o mundo á minha volta, mas posso decidir o que fazer com o futuro, por isso começo este ciclo a organizar o ambiente que me rodeia,  a organizar a vida, a organizar as listas de tarefas, e fundamentalmente a organizar as atitudes, mas sem cobranças, porque sei onde quero chegar.

 

tumblr_mxsyh2FTOV1rs0kjio1_500.jpg

 

 

 

Natal é...

O Natal é dia de demonstrar fé. A palavra “fé”, embora seja de curta extensão, tem significados gigantes e muito, muito fortes. Pode significar, por exemplo, confiança naquilo que consideramos verdadeiro ou, ainda, convicção de que, com muito trabalho e dedicação, os nossos objectivos serão alcançados. Agir com fé é carregar no coração e na mente a certeza de que um desejo nosso se realizará. É mais do que crer. 

Natal é momento de sonhar, de pensar, de sentir e de receber boas energias. 

Natal é data de esperança, do verbo esperançar, que significa agir proativamente para alcançar um objectivo grandioso. 

Natal é hora de ficar em boas companhias. É hora de estar cercado só de amigos e familiares que nos ouvem de verdade, que gostam de nós, que sorriem e até choram de felicidade quando compartilhamos com elas os nossos êxitos, as nossas conquistas, as nossas realizações. 

Natal é tudo isto. 

7feaa2498670e77ac9ba896369086207.gif

 

Hora de abrir presentes

Sempre gostei muito do Natal.

E Claro que todos dizemos e sentimos que o mais importante é estar em familia, mas para os pequenos a hora H é a altura de abrir os presentes, é por esse momento que eles anseiam e pedem por tudo para que o tempo passe muito rapido, mesmo que queiramos acreditar que os presentes são o menos importante nesta data especial, no intimo sentimos todos que é a altura mais divertida e sabe a  mel ver a felicidade de quem dá e de quem recebe. Depois é uma delicia ver sorrir, fazer caretas, dar cambalhotas e manifestar toda a boa disposição.

Cá por casa já se sente a vontadinha de rebentar os embrulhos.

848x566_4cd78f3bc32720a23ecd10b525cd497a.jpg

 

Eutanásia em debate

Este assunto é daqueles que me deixa arrepiada.

...na verdade acho que nunca conseguirei ter uma ideia formada sobre se deve ou não ser legalizada.

Penso nos países em que já está em pratica este processo e passa-me pela cabeça mil e uma duvidas, imagino o profissional de saúde envolvido e fico horrorizada com a tensão emocional que deverá estar sujeito, piora muito mais quando penso como será para a família ou para a própria pessoa.

Acredito que alguém que possa optar pela eutanásia ou pela morte assistida faça uma reflexão muito profunda e solitária.

Para uma decisão de tal magnitude não pode haver opinião alheia e o caminho para dentro de si mesmo será infinitamente cruel.

Rever valores, filosofias, crenças, lembrar de tudo o que foi vivido, das pessoas queridas, dos bons e dos maus momentos...

isto tudo é para mim tão dificil de imaginar...

A Holanda, pioneira em medidas liberais inimagináveis na maior parte do mundo, como a legalização de drogas, a prostituição e o aborto, foi a primeira a ter o direito à morte abreviada e assistida por médicos. Mas a tensão é tão grande entre os idosos que muitos deles fogem com medo de serem vítimas de eutanásia a pedido da família, imaginam uma coisa destas?!

Bem sei que o tema deste debate "eutanásia" não significa apoiar nem defender a morte em si, que se espera com ele, promover uma reflexão no que diz respeito a uma morte mais suave e menos dolorosa que algumas pessoas optam por ter, em vez de sofrerem uma morte lenta e padecida, mas assusta-me realmente, porque  vários estudos  já mostraram que a razão pela qual os pacientes optam pelo suicídio assistido não é devido às dores e aos sintomas de suas doenças, mas sim à depressão e muitas dessas pessoas não têm nenhum apoio ou temem ser um fardo para suas famílias. 

Para Reflectir....

sem nome.png

 

 

 

Já é Natal

Cá em casa já é Natal, este ano não contámos com o apoio das pequenas, uma está doentinha e a outra tem de estudar.

Por isso os dois de sempre, lá pusemos mãos na obra, esta será uma tarefa para ir fazendo, digo eu já a pensar na trabalheira que dá e nas caixas que terão de se acartar,

mas a verdade é que no fim fica a sempre a sensação do valeu a pena.

Gosto tanto de ver a casa vestida de Natal!!!!

Vou deixar aqui algumas dicas que pratico na hora de montar a Árvore:

 

É importantíssimo abrir bem o pinheiro, devagarinho um a um ir abrindo os ramos, esta será a base de toda a decoração e precisa de ficar bem arrumadinho.

A primeira coisa que coloco são as luzes para que os fios fiquem por detrás dos enfeites e a árvore fique iluminada por "dentro" dá sempre um efeito especial e nesta fase quanto mais luzes melhor.

Depois aplico os enfeites, dando passos atrás para ir vendo os sítios em que devem ser colocados de forma a preencher os espaços vazios.

Por fim a Estrela.

 

Para mim não importa nada a quantidade ou a qualidade dos materiais que se usam, se for decorada com carinho e dedicação fica sempre linda. Sempre!!!

 

Lembro aqui a lenda que diz que quem coloca a estrela entra para a família ou não a deixa jamais.

Portanto, convide alguém que queira que permaneça na sua vida.

 

24824533_1816762721699013_1141647722_n.jpg

 

Coisas Pequenas

Diz-se por ai que a felicidade vem nas pequenas coisas na vida, mas... o que é pequeno para mim pode não ser para os outros e vice-versa.

Ainda por cima eu não sou nada de coisas pequenas, gosto mesmo de tudo é em grande, e sinceramente todos nós precisamos de ter grandes desejos e grandes vontades, afinal de contas é isso que nos faz andar para a frente, faz parte querer o que não se tem, que graça tem a vida sem isto?

Coisas pequeninas?!?!?!?!?

Naaaaaa.

 

x3iumu.jpg

 

Porque me apetece

Não...não me considero blogger, tenho um blog onde gosto de deixar a minhas marca e pronto.

Escrevo para mim e para os meus amigos, claro que se alguém que não conheço me ler e gostar, fico feliz e esses leitores passam a ser meus amigos também, meus amigos virtuais e sabe-me tão bem, depois tenho os outros, os que não gostam e desejo da mesma forma as maiores felicidades e durmo exatamente da mesma forma de sempre , profundamente.

Não analiso os rankings , nem penso em maneiras de ter popularidade, não é esse o meu objetivo, e se pensar em objetivos chego á conclusão que afinal nem tenho nenhum, apenas escrevo com o coração , porque gosto, porque me apetece...

e tenho esta mania louca...de fazer o que me apetece.

 

16455732_CMaGM.jpeg

 

Blogs Portugal