Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O meu eu num blog

O meu eu num blog

Paris - Dia 2

Acordámos às 10.00h e tomámos o nosso querido pequeno-almoço, saímos directos ao ponto de venda dos bilhetes para os autocarros turísticos – Paris Open Tour que nos permitiu ter acesso, com um único bilhete, a uma completa rede de autocarros turísticos que realizam diferentes itinerários ligando os principais pontos turísticos parisienses, de forma ilimitada, durante 2 dias.São 50 paragens espalhadas estrategicamente pela cidade e organizadas em 4 itinerários 

Entrámos em Montparnasse, pela Boulevard des Invalides, onde vimos o Musee Rodin, Eglise du Dome, St-Louis, Hotel des Invalides e Musee de L’armee, mudámos de autocarro na Esplanade des Invalides, atravessámos o Rio passando pelo meio de Grand e Petit Palais, subimos pela Av. Des Champs-Elysées directos à Place de Concorde, saímos na Place de Madeleine onde tem a bonita Igreja Ste Marie Madeleine.

Seguimos a pé pela Boulevard des Capucines direitinhos ao Hard Rock Café na Boulevard Montmartre onde almoçamos.

hard-rock-cafe-le-meilleur-restaurant-americain-a-

  

O frio era tanto que tudo o que queríamos era chegar rápido para conseguir aquecer.

Depois de uma bela refeição entrámos outra vez no Open Tour Paris e fizemos toda a linha verde, Opera Garnier, Comédie Francaise, Palai Rota, Musée du Louvre, Conciergerie, Palais du Justice, Ste-Chapelle, Musée d’Orsat, Av des Champs Elysées, Arc de Triomphe, Place Charles de Gaulle, Place de Trocadero, Tour Eiffel, directos à Place de la Concorde onde chamámos um Uber para nos levar de volta ao Hotel.

Tomámos um banho e descansámos, às 20.00h tínhamos o Citroën 2CV á espera na porta para nos levar num fantástico passeio nocturno onde podémos admirar as luzes da cidade.

Destaques: Avenida Champs-Élysées, Arco do Triunfo, Trocadéro, Torre Eiffel, Les Invalides, Ponte Alexandre III, Petit Palais e Grand Palais, Praça da Concórdia, Opéra Garnier, Praça Vendôme, Pirâmide do Louvre, Île de la Cité, Notre Dame, Hôtel de Ville.

Sentámo-nos confortavelmente e divertimo-nos com a narração espontânea do motorista particular que nos manteve entretidos com histórias parisienses enquanto nós nos fascinávamos com a romântica paisagem nocturna.

 

2cv_at_night.jpg

2cv_at_night2_copy.jpg

DSCN6799.JPG

  

Às 22.30h deixou-nos no Procope (aqui), um dos restaurantes mais antigos de Paris. Situado na rue de l’Ancienne Comédie quase na esquina do boulevard Saint Germain e da praça Odéon. 

Fundado em 1686 por um italiano, Francesco Procópio, este restaurante esteve no centro dos acontecimentos do período revolucionário. Recebeu em suas mesas grandes nomes e parece que Napoleão deixava seu chapéu como garantia e saia do restaurante em busca de dinheiro para pagar a conta.

Belíssima Comida, belíssimo restaurante e grandessíssimo frio.

a8e1bc45d09af79097ec0c398e91e65c.jpg

 

 

Blogs Portugal